“Ainda Dá! A Força da Persistência”

Nenhum comentário

Mudar dá trabalho. Fácil é nos visualizarmos numa outra situação, sobretudo quando estamos infelicitados com a atual. Tendemos a montar um cenário idealizado, em que os benefícios se sobrepõem às atribulações. Quando estamos descontentes, nossa tendência é superdimensionarmos os aspectos negativos e não dar o devido valor àquilo que é positivo. Nosso julgamento fica enevoado. Mas, se o cenário que projetamos de fato reunir condições incontestavelmente melhores do que as do lugar onde estamos, o primeiro passo é nos mobilizarmos para realizar essa mudança.

No que concerne ao campo do desejo, esta parece ser apenas uma questão de lógica. “Se aqui não está bom e tem lugar melhor, migra-se para lá.” Esse raciocínio faz todo o sentido, até esbarrar com a realidade. A começar pelo esforço em tirar a comodidade do caminho. Por mais paradoxal que pareça, é mais cômodo suportar alguns incômodos do que mudar a situação vigente. Se ela está instalada há muito tempo, essa diligência é ainda mais penosa.

Não que esse esforço seja impossível, mas, até por uma economia de energia psíquica, eu me coloco como incapaz de fazê-lo. Como forma de autoengano, é mais fácil atribuir a minha inação à minha circunstância: “Ah, não tive tempo”, “Precisei cuidar de várias coisas ao mesmo tempo”, “Não dou conta de tocar isso agora”, “Até pensei nisso, mas tive um imprevisto…”.

Encontrar justificativas que soem plausíveis produz uma sensação de conforto, quase que me mostrando que estou certo ao não agir. Estar sempre em movimento é uma justificativa para disfarçar o meu estado de repouso. Não é casual que as dietas, os exercícios, os trabalhos de conclusão de curso sejam acompanhados da clássica promessa “Segunda-feira eu começo…”.

(…)

**Trecho retirado do livro “Ainda Dá! A Força da Persistência” de Mario Sérgio Cortella.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s